Pra não passar vontade de escrever

Levante a mão quem nunca teve vontades de escrever no quadro negro da professora da escola na infância? 


Me lembro como se fosse hoje, sempre gostei de escrever, de desenhar (mesmo que meus rabiscos e minha letra nunca fossem lá essas coisas) mas acho que a vontade de criar e inventar manualidades sempre me acompanhou desde pitititinha.

O quadro negro me remete totalmente a minha infância. Durante 25 anos morei com meus pais e irmão em uma casinha beeem pitica mesmo que era da minha avó Yone (muito obrigada vó). Era uma colônia com 4 casas separadas por um corredor dividindo os lados, onde nós morávamos em uma das casinhas da frente e meus tios no fundo. E com essa proximidade familiar eu tive a oportunidade de conviver de perto com meus avós paternos, tios, primos, filhos dos primos, primos de diversos graus rs e lá fui muito feliz. Se têm uma coisa que vou poder ensinar pros meus filhos é sobre brincadeiras de criança. Lá nós ainda brincávamos na rua de pique esconde, bete, bandeirinha estourada, passa anel e muitas outras coisas, inclusive de professora e aluno.

No corredor tinha um portão do vizinho (que não era parente mas acabava virando rs) que era pintado na cor cinza e lá nós escrevíamos com giz para quadro negro e até giz de cera (custou a sair viu hehe).

E isso tudo gente (toda essa história e blá blá blá é pra vocês que me acompanham me conhecerem um pouco melhor), e pra dizer que antigamente os hábitos e brincadeiras infantis eram outras e que a ideia linda de de pintar qualquer parede de tinta lousa pra gente desenhar e ainda escrever frases bonitas para o marido, pais, mães, filhos e etc ser utilizada com muito bom gosto na decoração não era nada popular naqueles tempos. (Sou jovem tá?)rs

E se você ainda não fez em sua casa, então faça! Vou deixar aqui várias opções pra vocês animarem.


Ainda na cozinha. Se você é mais discreta ou discreto, pinte somente um pedacinho ou emoldure.


ABAIXO TÊM MAIS


Gente, e essa cabeceira toda trabalhada na arte heim! Espetáculo!

Mais uma dica pra você organizar suas hortaliças, potes de vidros, marcadores...enfim, uma infinidade de ideias criativas pra se utilizar a bendita "tinta lousa".

E para as crianças de hoje não passarem vontade de escrever no quadro da escola "de antigamente" aqui óh:



E já que lá em casa o espeto NÃO É de pau rs. Fiz aqui no final do ano passado.


Um beeeijo!

Analice Landim
minhacasadomeujeito@gmail.com

Apartment diet   PanelaterapiaA casa que a minha vo queriaCasa.abrilPinterest Low life coutureBlogs.babble,

6 Comentarios

Patty

Adorei as fotos, e vc acredita que sempre tive vontade de ter uma parede assim lá em casa? Mas nunca soube o nome da tinta, agora, aqui no seu blog, no outro post já estou sabendo e vou logo providenciar lá para casa...

Vou te seguir :)

Bjos

Patty

diariodaminhaobra.blogspot.com.br

Analice Landim

Patty, que bom que pude ajudá-la. A tinta que usei pra pintar a minha parede foi da Coral. Bjs e volte sempre!

Responder
Maria Carolina

Eu resolvi meu problema com o quadro negro de outro jeito, rsrs, virei professora, rsrsrs. Mas deixando a brincadeira de lado, eu acho linda ideia de ter uma parede assim... quero uma também!!!

Amei as fotos!!!

Bjins!

Analice Landim

Isso que eu chamo de problema bem resolvido heim Maria Carolina rs. Depois que fizer a sua mostre pra nós, pois quero criar um espaço para "casa das leitoras queridas". Bjs

Responder
bacana de viver

Acho muito bacana esta ideia de "quadros negros" na parede e é bem útil na cozinha.
Gostei muito de seu blog.
Tenho um blog também, dá uma passadinha lá.
bacanadeviver.blogspot.com.br

Rosalice

Responder
Anônimo

Estava com essa ideia na cabeça para fazer para o meu quarto, e gostei do que vi no seu blog. Como faço essa decoração? É uma tinta?

Responder